sexta-feira, 18 de setembro de 2009

O Centro de Artes de Kalgoorlie

Hoje é sexta-feira, 18/9, e são 12h30, com muito vento. Só Gilson saiu de casa, para comprar uma torta australiana, que é algo como o empadão goiano daqui. Parece mesmo o empadão, mas o recheio é feito de uma pasta de carne, mais para molho, meio apimentada. A carne fica pastosa porque é muito cozida. Vejam:

Ele comeu e gostou. Disse que ainda vai comer outra antes da gente viajar, no domingo. Por causa do aspecto da carne, a Natália e a Lu não apreciam esse prato típico daqui, elas denominam o recheio de "a gosma". Eu não provei.

Ontem nós fomos visitar o Centro de Artes de Kalgoorlie, que fica a dois quarteirões da casa da Tchuca.


Não é permitido fotografar dentro da galeria de artes, apenas no foyer, que apresenta algumas amostras da arte aborígene:


Uma constatação interessante: a galeria apresenta quadros de apenas um pintor australiano que não é aborígene; ele pinta paisagens e tipos daqui. O restante é só quadro de arte aborígene, que é muito diversificada, variando as características quando muda a etnia a que pertence o artista.

Ontem à noite nos dedicamos, Tchuca e eu, aos preparativos para o dia da corrida de cavalos, que é amanhã, sábado. Ela tinha que comprar uma flor para enfeitar o cabelo, já que não vai usar chapéu. Eu cheguei a experimentar uns chapéus, mas achei todos ridículos. Resultado: vou mesmo sem chapéu e sem flor!!! Tchuca vai linda, depois mostro as fotos.

2 comentários:

Madalena disse...

Entrei aqui pra desejar um ótimo fim de semana e bons passeios. Agora aqui são 01:14 de 19/09/2009. Continuo perseguindo vocês :)
Beijos e abraços.

Bel e Gilson disse...

Ei, Madá, aqui tá ótimo! Continue acompanhando, porque tem mais novidades! Bjs.