sexta-feira, 16 de outubro de 2009

As quatro estações!

Calma, gente, este não virou um blogue de música clássica! É que em Melbourne o dia costuma ter as quatro estações do ano! E hoje foi um desses dias...

Melbourne é, de longe, a melhor cidade da Austrália, entre as que já conhecemos. Aqui eles até exageram naquilo que podemos chamar de conforto urbano: a cidade não é um espaço hostil, mas amigável.

Com 3,5 milhões de habitantes, já apresenta trânsito lento em alguns trechos, mas no geral a circulação é tranquila. Transporte coletivo é o que não falta: ônibus, trens para os subúrbios e VLT em toda a área mais central da cidade. E tem muita gente nas ruas, muitos bares, cafés e restaurantes, excelente gastronomia.

Agradável, muito agradável, com ruas amplas e muitas praças, jardins e parques: assim é Melbourne.Tem também muitas intervenções artísticas nas ruas. Vejam algumas:

Fila de espera do ônibus...

Alguém perdeu o porta-níqueis?

Bancos versão "a coisa"

Hoje conhecemos o Australian Centre for the Moving Image - ACMI. Um espaço moderno, interativo, que conta a história do cinema e das tecnologias de imagem desde seu início. Vejam a arquitetura do lugar:


O museu é fantástico! Não pudemos fotografar, mas gravamos vários videos lá dentro. Acho que vamos ter de programar uma sessão quando voltarmos ao Brasil. Só de filminhos para a Sofia e a Laura já temos quase uma hora!!! Mas vejam este video pequeno, como aperitivo:




Ah, tem também uma foto do hall, que é todo decorado com as cores da Austrália:


Bem, continuando a andança, passamos pelos Federation Bells, um conjunto de mais de vinte sinos de diferentes tamanhos, programados para tocar em horários determinados. Vamos colocar a foto deles aqui, mas também gravamos um video da música que tocaram.

Melbourne tem também aqueles monumentos que celebram o espírito guerreiro da Austrália, que lutou em todas as guerras ao lado dos EUA e da Inglaterra. Este é o Shrine of Remembrance, que homenageia os soldados das guerras da Coréia, do Vietnam e das primeira e segunda guerras mundiais. Não gostamos desse tipo de monumento, mas entramos para ver a cidade lá de cima.
Agora vejam algumas fotos da vista que se tem lá de cima:

Bela panorâmica!

Reparem no vidro do prédio, que reflete a vizinhança

Bom, depois disso, caminhamos até um agradável café, que fica dentro dos Royal Botanic Gardens, no King's Domain, onde fica também a sede do governo do estado de Victória. É de se notar que o café fica em um centro de informações turísticas, que tem, além de todas as informações para os turistas, banheiros limpíssimos e lojinha de lembranças.

Depois de almoçar, atravessamos esse Jardim Botânico, fotografando árvores, flores e bichos. Foi uma longa caminhada, mas muito prazerosa. Depois de sair do jardim, andamos em uma avenida que margeia o rio Yarra, que cruza toda a cidade, o que deu belas fotos:




Notem que esse rio, apesar de cruzar toda a cidade, não tem aquelas espuminhas brancas e nem mau cheiro: tem vida e é usado para esporte e lazer pela população.

Por fim, já de volta ao centro da cidade, muita gente para o início da happy hour e uma cena que lembra o poema de Mário de Andrade, "A carroça e o bonde modernista":


Amanhã tem mais. Até!!!

2 comentários:

Angélica disse...

Eu quero, eu quero!! Credo, deu muita vontade de conhecer! Parece uma cidade boa mesmo! Mandem as passagens! hehehehe

Luciana disse...

To atrasada com os posts... e com meu blog tb, hehe... Mas to lendo o que perdi!

Sou doida pra conhecer Melbourne. Ano que vem a gente vai! Realmente, pela descricao de vcs e as fotos, notasse que eh uma bela cidade e com alta qualidade de vida!

beijos pros dois