domingo, 17 de outubro de 2010

O mundo sem José Ângelo Gaiarsa




Veio hoje a triste notícia da morte do psicanalista José Ângelo Gaiarsa. Encerrou-se assim um capítulo de avanço na história dos costumes da vida nacional.

Ângelo Gaiarsa promovia na mídia uma discussão avançadíssima, posicionando-se contra a virgindade e a favor da liberação sexual. Culpava a instituição família pela repressão da sexualidade e classificava-a como fonte de todas as neuroses e psicopatologias. Despertava a ira dos setores conservadores da sociedade - esses mesmos setores que hoje fazem campanha deslavada para Serra, como a(s) igreja(s), a TFP e a Opus Dei.

Gaiarsa foi o primeiro no Brasil a trabalhar com a psicologia analítica de Carl Gustav Jung e com a terapia da sexualidade de Wilhelm Reich. Publicou muitos livros sobre corpo, sexualidade, terapias analíticas, sempre em linguagem acessível ao público leigo, com leveza e humor, mas sem jamais perder a seriedade.

Muitas mulheres e homens da minha geração hoje são bem resolvidos graças a dois fatores importantíssimos: a invenção da pílula anticoncepcional e os textos de José Ângelo Gaiarsa. Onde quer que ele esteja agora, meu desejo é que usufrua de uma eterna felicidade orgástica!


2 comentários:

AngelicaBrunacci disse...

Demorei para colocar a leitura em dia e adorei o que vi. Muito bom. Além de ler A Paixão segundo G.H de novo. Vou dar uma turbinada no seu post sobre política. Vc é bem demais....

Ondarosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.