domingo, 27 de setembro de 2009

Onde os hippies se encontram...

Hoje é domingo, 27 de setembro, à noite. É nosso terceiro dia em Denmark, uma simpática cidadezinha litorânea, de 15 mil habitantes, que tem o maior barômetro do mundo, certificado pelo Guiness . Vejam uma rua da cidade, para terem uma idéia:


O lema da cidade é: "Onde a floresta encontra o mar; onde os hippies se encontram." De fato, a herança hippie aqui é forte: a administração persegue o título de "cidade verde"; há grande preocupação com o meio ambiente e a sustentabilidade. Grande produção de orgânicos, alimentação saudável, esportes.

Estamos hospedados na "Pensione Verde" (acomodações orgânicas, seja lá o que isso quer dizer). Mas é muito simpática, como podem ver:


No quarto, saquinhos de chá orgânico, açúcar integral, nada de adoçantes artiificiais nem café solúvel.

Na lista de serviços oferecidos na cidade, encontramos coisas curiosíssimas: massagem para alinhamento crânio-sacral; heart and soul, loja que vende só livros e cds new age; desintoxicação iônica (esse eu e Tchuca íamos fazer, mas a desintoxicadora não trabalha fim-de-semana); Sacred tree, que vende "presentes inspiradores" (como eles mesmo dizem); Eco wear, só roupas ecológicas; e, acreditem, tem um cara que dá consultoria para a gente reconectar com o anjo da guarda!!! É ou não uma cidade bem alternativa?

Além disso tudo, aqui há vinícolas fantásticas. Passamos por várias delas, provando os diferentes vinhos. No caminho, a gente para e almoça, depois volta a percorrer vinícolas. Só a Natália não bebeu, para poder dirigir, mas nós ficamos meio tontos... Depois de percorrer 19 vinícolas, a gente vê anjo, gnomo, fada, o escambau!

Durante o passeio pelas vinícolas, um susto: um canguru pulou na frente do carro e Natália teve que dar a maior freada - claro que junto com um grito! Era uma família, mas só a mãe se deixou fotografar, com o filhote:


Viram? Não é mito, os bichos existem mesmo!

Nesses três dias, a gente viu muita praia e rochas, muitas rochas e praias, muitas praias com rochas, ufa!!! Haja disposição para percorrer tanta praia e rocha. Sol que é bom, só hoje pela manhã. Deu para estender a canga e ficar tostando por algumas horas, mas na água gelada do Índico só vai o pezinho! Um dos lugares mais bacanas é a praia chamada "Green pools", um conjunto de piscinas naturais formadas pela água do mar, onde se encontram as "Elephant rocks". Vejam:


Agora vejam o Gilson perto de um "elefante":


Outro lugar interessante é o Vale dos Gigantes, um bosque cheio de árvores enooooormes, espécies remanescentes do supercontinente Gondwana, ou seja, uma espécie que sobrevive há 280 milhões de anos. Mas vejam bem: é a espécie e não as árvores que tem 280 milhões de anos, essas não passam de 500 anos. A gente anda sobre uma passarela que alcança 40 metros de altura, no nível da copa das árvores. E ela balança, balança, balança. Vejam o video:



Durante a caminhada passarela acima, a gente passa por outras pessoas e vê gente com medo, gente que gosta da aventura, gente que enjoa, gente empurrando carrinho de bebê, enfim, todo mundo sobe!

E a altura das árvores é impressionante:


Bem, como hoje o sol colaborou e a gente até curtiu uma prainha, tomou muito vinho e comeu pratos de-li-ci-o-sos, amanhã é dia de pegar a estrada novamente. Antes, a Natália vai ter uma DR com a Miss Road, que anda muito confusa e temperamental.

Vocês notaram que colocamos alguns links neste post. Nosso blogue também é cultura (na verdade, acabo de aprender como fazer isso!). Até mais!!!!!

4 comentários:

Anônimo disse...

Achei incrível a passarela, o máximo o vídeo e
as notícias maravilhosas.
A comemoração do aniversário de pai foi ótima e entreguei o E-mail de vocês e é lógico que pai guardou com muito carinho.
Saudades.
Estamos achando ótima a viagem.
Beijos.
Darc

Angélica disse...

Que vídeo hilário!! hahahahahah Morremos de rir. Sofia assistiu umas 500 vezes!!
Acho que eu gostaria de viver numa cidade hippie assim. Pareceu muito fera!
Tenta colocar os links abrindo em uma outra janela. A opção normalmente é "blank". Fica melhor de ler sem interromper o passeio no seu blogue. Saudades!!

Anônimo disse...

Se todos os lugares fossem iguais nao teria "graça" imagina brasileiro com estes "modelitos"... Imagina curtindo praia com roupa de frio... nao seria o Brasil. Espero que quando chegar ainda tenha muito o que comentar. Estou curtindo esta viagem com voces.
Aproveitando....Ontem, fui a uma pizzaria em Perdizes e lembrei de vc. Além da pizza ser muito boa, na entrada da casa tem um arsenal de disco de vinil, perguntei, eles teem 5.000 os mais variados e as pessoas escolhem e elas mesma poem para tocar, ficam a vontade. Só mesmo aqui em Sao Paulo. Como é bom descobrir "coisas" aqui... Bjs. One

Pri disse...

Adoreeei o vídeo!!! Vi várias vezes tbm!!! A Tchuca chegado foi o máximo!!! hahahaha
Q bonitinhooo o canguru...eu quero um!!! hahaha
O blogue tá demais, nota 100000000000!!!