sábado, 24 de outubro de 2009

A Tchuca chegou!!!

Ontem nosso dia em Sydney foi mais tranquilo.

Fomos ao Powerhouse Museum, dedicado à ciência e tecnologia. Vimos uma ótima exposição sobre os inventores australianos e seus inventos.


Depois passamos pelo bairro chinês, que aqui é bem maior do que o de Melbourne. Tem uma rua repleta de restaurantes, onde almoçamos. A arquitetura é bem típica das China Towns e o comércio também. É lá que fica o City Market, que é enorme e tem lojas que vendem de tudo: roupas, comidas, calçados, souvenires, artesanato etc etc.

Demos uma volta pelo mercado, mais para conhecer. Deixamos para ir lá quando Natália estiver conosco.

Decidimos então conhecer o Jardim Chinês, que fica perto da China Town e de um lugar chamado Darling Harbour, que é um enorme centro de lazer e entretenimento. O Jardim Chinês é um oásis de tranquilidade e sossego encravado no grande centro de Sydney:





Imaginem que neste lugar há sempre barulhinho de água e uma relaxante música chinesa tocando baixinho, enquanto a gente admira o jardim. Tudo que existe lá tem significado dentro da filosofia taoísta. É um espaço para meditação ou, simplesmente, para relaxar e não pensar em nada.

Fechamos o dia com um passeio no Mono Rail, um trem pequeno que se move sobre um único trilho, acima dos carros, na altura da copa das árvores da cidade. Circulamos pelo centro, descemos novamente na China Town e voltamos para o hotel. E foi assim a nossa sexta-feira. Estávamos nos reservando para o reencontro com Natália, que chegou hoje cedinho.

Aí fomos com ela ao Circular Quay, onde fica a Opera House:


Depois batemos perna, a tarde quase toda, no The Rocks Market, que é uma feira de artesanato e de comidas de todas as nacionalidades. Almoçamos lá, em pé, na rua.

O dia no Circular Quay estava lindo:



E também estava bastante multicultural. Vejam este grupo de descendentes de índios dos EUA, da cidade de Seattle:


Voltamos ao hotel para descansar e sair mais tarde, à procura de uma boa cervejinha. Fomos parar em Darling Harbour, onde curtimos um boteco e contamos causos.

Foi um dia bom e nos deixou felizes a companhia da Tchuca. Amanhã tem mais. Até!!!

5 comentários:

Angélica disse...

QUERO A TCHUCA NO JARDIM CHINÊS!!!!! QUE DELÍCIA! Saudade demais!!! Nossa! Quero falar com vcs no skype mais tarde!!

Luciana disse...

Ai que vida boa essa de viajar, meu Deus...

Que bom que a Tchuca se juntou a voces! Será que foi ela quem levou a chuva? Porque aqui ta seco de tudo... :-)

Beijos pros tres!

Anônimo disse...

Esta é uma viagem para nunca esquecer. Os lugares sao lindos e....haja sossego, está bem documentada, serve como documentario para quem quer fazer este roteiro...bjusss One

Anônimo disse...

Essa tchuca é feia DEMAIS!!! SERÁ QUE É POR ISSO QUE ESTÁ ENCALHADA ??? BEIJOS!

Madalena disse...

Olá!!!! Hj li tudo o que estava atrasado. Fiz uma cirurgia nos olhos e tive que poupar a minha visão. Achei tudo muito interessante e lindo. Imagino que vcs devem estar com o coração dividido em deixar a Tchuca aí mas tem Angélica e Cia por aqui né? Um beijo para vcs três e façam uma ótima viagem!!!